Voltar ao topo

Um original com uma longa tradição

Desde a nossa fundação em 1934, a Fujifilm diversificou-se em novos mercados e implementou uma forte presença em todo o mundo. Desde as nossas raízes como fabricante de película fotográfica, a empresa procurou continuamente por soluções inovadoras, resultando em produtos de papel em halogeneto de prata da Fujifilm que ainda lideram o mercado, fornecendo qualidade original da Fujicolor.

Clique nos diferentes capítulos para saber mais sobre a herança e o sucesso da empresa.

1934

A Fuji Photo Film Co., Ltd. foi fundada. A nova empresa herdou as operações de película fotográfica que foram divididas pela Dainippon Celluloid Limited. A fábrica Ashigara (a atual fábrica Kanagawa em Ashigara) começou as operações, produzindo película fotográfica, papel de impressão, placas secas e outros materiais fotossensíveis.

1948

O início do diapositivo a cores, que cria uma imagem positiva numa película transparente. As imagens são montadas numa moldura que pode ser utilizada num projetor de diapositivos.

1958

O início da película negativa a cores, que cria uma imagem negativa numa película transparente. A fábrica de Ashigara começa a produzir o primeiro papel Fujicolor. É o primeiro papel fotográfico amador utilizado, combinando a película negativa a cores.

1966

A fábrica de Ashigara apresenta o papel profissional Fujicolor.

1982

A FUJIFILM Manufacturing Europe começa a produzir a película negativa a cores e o papel fotográfico da geração Analogue EP2. Nos anos seguintes, a Fujifilm continua a melhorar os papéis, passando de um tempo de desenvolvimento de 3 minutos para um tempo de desenvolvimento de 19 segundos do papel FA02 de hoje.

2008

A FUJIFILM Manufacturing Europe Apresenta orgulhosamente os novos tipos de papel fotográfico: papel fotográfico para álbuns, um tipo de papel amador e DPII, Pearl and Supreme HD para a linha profissional.

2009

A FUJIFILM Manufacturing Europe apresenta o primeiro papel fotográfico onde se pode escrever. Pode escrever-se neste papel único com uma caneta e utilizá-lo para calendários e postais.

2010

Graças ao grande êxito do papel para álbuns, a FUJIFILM Manufacturing apresenta o papel para álbuns HD com cores mais ricas, para ser utilizado na produção de álbuns fotográficos.

2013

Após quatro anos de êxito crescente e de outros desenvolvimentos dos papéis fotográficos em toda a Europa, foram criados dois papéis adicionais para álbuns para aplicação em todo o mundo.

2015

A Fujifilm apresenta o papel Premium HDX: um papel para álbuns resistente e mais espesso (215 µm) para a criação de livros de fotografias topo de gama.

2015

A FUJIFILM Europe cria e apresenta dois papéis fotográficos únicos designados por Papéis Criativos: Veludo e Tela Texturada.

2016

O êxito inicial da linha de papéis criativos é seguida com a introdução dos papéis fotográficos Linho Texturado, Pele Texturada e Veludo Tipo S (uma versão mais fina para a produção de livros de fotografias).

2017

A Fujifilm apresenta a mais recente aquisição de papel fotográfico à sua gama de papel fotográfico: Papel para álbum XS (135 µm), um papel mais fino concebido para permitir mais páginas nos livros fotográficos.